Mamoplastia de Aumento

Mamoplastia de Aumento

O que é?

A mamoplastia de aumento ou prótese de mama é realizada através da colocação de prótese de silicone que dará o tamanho de mama desejado.

O que você precisa saber

1) Cicatriz: Quando procedemos somente a inclusão da prótese, a cicatriz pode ser no sulco mamário ou com o uso da endoscopia na região axilar, preservando a mama de cicatrizes. Se houver flacidez mamária, é necessária a ressecção da pele, o que resulta numa cicatriz em "L" ou "T".

2) Anestesia: Pode ser local com sedação, peridural ou mesmo geral, conforme indicação do anestesiologista.

3) Tempo cirúrgico: Uma hora.

4) Idade: Uma vez que a mama tenha estacionado seu crescimento, ou seja, quando não houver mais troca de soutien para números maiores.

5) Incidência de câncer: As pacientes portadoras de prótese mamária não apresentam maior incidência de câncer mamário em relação às não portadoras.

6) Exames mamários (preventivos de câncer): A presença de prótese não interfere de maneira significativa na palpação da glândula mamária, nem na mamografria e nem na ecografia mamária.

7) Retração capsular: O silicone é um material inerte, ou seja, não é rejeitado pelo organismo. O que acontece é que o organismo forma uma cápsula ao redor da prótese que, por sua vez, deve permanecer sem contratura. As próteses evoluiram para a cápsula texturizada e gel coeso (que não extravasa). Estas duas evoluções permitem resultados sem problemas de contraturas.

8) Garantia: A prótese vem da fábrica com uma garantia de 10 anos. Não é necessária a troca neste período, e sim retorno ao consultório para exame.

9) Amamentação: Não interfere. A prótese é colocada abaixo ou acima do músculo peitoral. O critério para tal escolha seria a presença de glândula mamária para cobrir a prótese.

Pré-operatório

1) Exames complementares a serem especificados.

2) Fotografia da região, é importante para avaliação, programação cirúrgica e documentação.

3) Providencie sutien e/ou faixa para uso pós-operatório e leve-a à clínica no dia da cirurgia.

4) Compareça na clínica no dia e horário combinados, de preferência acompanhada, principalmente se a cirurgia for ambulatorial.

5) Não leve para a clínica jóias e outro objetos de valor.

6) Não pinte as unhas.

7) Qualquer intercorrência como doenças (gripe, febre, infecção) ou outros motivos que acarretem a suspensão da cirurgia, avise com antecedência.

8) Pode ser feito uso de Arnica para evitar equimoses (roxos). Este deve ser iniciado de uma semana a dez dias antes da cirurgia. Faça uma avaliação com o clínico para orientação de medicações pré-operatórias importantes na cicatrização e equilíbrio do organismo, visando uma melhor recuperação.

Cuidados

1) Jejum de no mínimo 6 horas antes do início da cirurgia.

2) Medicação para hipertensão e outras doenças deve ser informada para posterior orientação.

3) Não tome medicação que contenha ácido acetil salicílico (ex.: AAS, Ronal, Buferin, Aspirina), uma semana antes e uma semana após a cirurgia porque aumenta o sangramento.

4) Abandone medicamentos para emagrecimento 15 dias antes da cirurgia.

5) Não fume 15 dias antes e 15 dias após a cirurgia. Que tal aproveitar para parar de fumar?

Pós-operatório

1) Dor: Pode existir uma sensação de pressão que passa em 2 dias.

2) Tempo de Internamento: Poderá receber alta no mesmo dia da cirurgia, ou permanecer 24 horas internada.

3) Curativos: Curativos com atadura logo após a cirurgia e colocação de sutien posteriormente.

4) Postura: A mais ereta possível.

5) Banho: Banho de chuveiro normal após a retirada das ataduras. Seque os micropores com secador de cabelo.

6) Vestimentas: Procure usar roupas abertas na frente. Não use mais soutien com “ferrinho”, em primeiro lugar porque não precisa mais e em segundo lugar porque o uso rotineiro pode deslocar a prótese para cima.

7) Alimentação: Normal.

8) Equimoses: As esquimoses (roxos) são absorvidos no prazo de 7 a 10 dias, podendo ser usado pomada ou gel especial.

9) Retirada dos pontos: Não há necessidade de retirar pontos, pois eles são internos. Também pode ser usada a cola cirúrgica, no caso de via axilar.

10) Esforços Físicos: Não é recomendável a prática de musculação após a mamoplastia submuscular para não haver deslocamento da posição da prótese colocada. Outras atividades físicas podem ser realizadas um mês após a cirurgia. Na cirurgia por via axilar, a paciente está liberada para atividade física normal dentro de três dias, como dirigir e levantar os braços.

11) Relação Sexual: É permitida, porém o manuseio da mama no início deve ser moderado.

12) Sol: Não se exponha ao sol durante 30 dias.

13) Massagem: Massagem pós-operatória deve ser realizada rigorosamente no primeiro mês com o auxílio de profissional especializado (massagista ou fisioterapeuta). Após este período, a própria paciente pode continuar a massagem por no mínimo seis meses.

14) Sensibilidade: Pode apresentar aumento ou diminuição da sensibilidade por um período de 2 meses.

Será que isto vai desaparecer?

Toda cirurgia envolve um período próprio de recuperação. Dê tempo ao tempo, que seu organismo se encarregará de dissipar pequenos transtornos que infalivelmente chamarão a atenção de alguma pessoa que não se furtará à observação: "Será que isto vai desaparecer?" Não deixe de nos transmitir qualquer tipo de preocupação. Daremos os esclarecimentos necessários para sua tranquilidade.

Resultado final

A partir do quarto mês acontece nova sessão fotográfica para comparação do pré e pós-operatório (antes e depois). Esta reavaliação que poderá indicar a necessidade de algum retoque, procedimento este considerado comum em cirurgia plástica, e deverá ser realizado após o 6º mês e no prazo de até um ano após a cirurgia.

Rua Des. Vieira Cavalcanti, 590
Mercês - 80510-090 - Curitiba/PR